Now Playing Tracks

Lauenburg way of life

WELL, GALERA. O post será breve, apenas para contar algumas coisinhas do meu dia-a-dia que tá começando a virar rotina!

Como já contei pra vocês no post passado, estou em Lauenburg por tempo indeterminado. Uma cidade pequenininha, mas que tem tudo, menos muita gente jovem e bonita (tirando nossa casinha que tem gente bonita pá caramba). Mas não há problema algum, visto que em 15 minutos de trem podemos ir a Lüneburg, cidade com universidade e tudo, e mais 30 minutos de lá, estamos em Hamburg <3

No primeiro dia aqui já fomos ao supermercado e já vi nutella de balde (alerta de perigo pisca em neon), porém a filosofia da casa é comer saudável - arroz com legumes, peixe, frutas, iogurte. OU SEJA, god help me! estou confiante que levarei menos quilos pra Porto Alegre. E mais! Comecei academia ontem! Saí de lá meio mal, quis chorar na esteira e etc, mas depois vi que foi bom. O instrutor só falou em alemão comigo e fiquei felizinha que entendi tudo e até falei um pouco com ele.

Falando em deutsch sprechen, em fevereiro vou tentar estudar todo dia sozinha. DEPOIS DE SEIS MESES VAMO VER O RESULTADO.

Hoje fui pela primeira vez a Hamburg nessa minha estadia. Fui conhecer minha buddy e pegar minha student ID na faculdade e um cartãozinho pra andar livremente pelos trens da região a partir de março. Minha buddy é bem querida, alemã, mas filha de chineses. Uma chinesinha simpátchica, mas não sei se vou ser amiga. FICA A DÚVIDA.

Sombra de Hamburg e seu famoso Alster hoje cedo, uns -5˚C

Tá frio, gente. Antes da minha chegada, o inverno tava quente até, chegando no 0˚C. A partir do dia seguinte da minha chegada as temperaturas foram despencando e agora ficam por volta dos -8˚C a noite. Vocês sabem o que isso significa né? Confinamento e festa no edredão. Aliás, a todos os bffs aí em Porto Alegre: troquei vocês por um amigo mais presente.

Forever Alonismo.

Amanhã receberemos visitas para o almoço, um casal amigo do meu irmão e da Luca e da mesma idade que eles, por volta dos 70. Porque aqui, amigos, terceira idade é tendência: nada de álcool, vida noturna e esportes radicais. Vida longa aos idosos Luca e Dani, melhores companheiros de casa que poderia ter! <3 To curtindo demais!

Endlich, Deutschland!

Estou em casa, gente!

Agora prometo que meus posts serão mais curtinhos, visto que irei sossegar e não desbravar o mundo como antes fazia.

Consegui chegar tranquilamente. Meu pernoite sozinha em Madrid na véspera dessa viagem correu bem e eu consegui acordar antes das 6h sozinha! Uhu! (superações em 2012 estão vindo com tudo)

Meu vôo para Hamburg foi pela SwissAir, com conexão em Zurich (posso dizer que estive na Suíça? Acho que não, né? Mas pretendo passar por lá na páscoa!). Essa SwissAir acho que é uma das únicas que dão comida de graça pra passageiro (inclusive chocolate suíço!), estamos mal acostumados no Brasil com as 2 bolachinhas água e sal/amendoins MARAVILHOSOS (neeem) que nos dão, geralmente aqui tem que pagar pra se comer em vôos.

Mas chega de papo e vamos pro que importa, minha chegada! Peguei minha malinha, (acreditem, vim pra uma viagem de 7 meses com uma mala de 20kg, promoções em lojas de roupa que me aguardem) e quando saí vi o Dani, meu irmão querido que não via há mais de ano e sua respectiva gracinha, Luca! E ainda ganhei presentes da Body Shop deles. Fui pegada no paparico.

Pegamos o trem pra Lauenburg e nisso fomos falando do mais novo hobby do Dani - equipamentos fotográficos. E pude registrar a beleza da cunhadinha, saquem só:

image

Já tinham me avisado que a casa era enorme e que Lauenburg era pequena. A casa realmente é grande e Lauenburg nem é tão pequena assim. E tinham vários bilhetinhos espalhados pela casa como esses:

Logo, a Luca me preparou um banho chique:

Sambando na cara da sociedade.

E fomos depois fazer comprinhas num frio danado, já a noite. Meu quarto aqui ainda não está todo pronto! Enquanto isso, estou dormindo no andar de baixo da casa perto do Dani e da Luca pra até não sentir medo de ficar lá em cima sozinha. A casa é antiga, enorme e faz barulho.

Eis que Daniel comentou que não tinha nevado UMA vez nesse inverno e as temperaturas estavam altas, não é que no dia seguinte da minha chegada fica TUDO branquinho?

vista do meu quarto - um mini-porto e o rio Elba

Agora é fazer algumas coisas burocráticas da universidade e daqui, conhecer a minha buddy que já entrou em contato comigo e receber minha mãe e o Dante que virão nos visitar semana que vem. :))

We make Tumblr themes